Rede de supermercados usa satélite para vender carne livre de desmatamento

Rede de supermercados usa satélite para vender carne livre de desmatamento

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Rate this article:
No rating

A rede de supermercados Walmart implantou um sistema de monitoramento por satélite para identificar a origem e evitar que a carne vendida nas lojas venha de áreas de desmatamento. O grupo acaba de anunciar que terminou de instalar a ferramenta nos estados do bioma amazônico e que pretende ampliar a iniciativa para todo o país até o fim do ano. A carne vendida pelo grupo com origem na Amazônia corresponde a cerca de 30 a 40% do volume total comercializado pela organização.

Na primeira fase de implantação da ferramenta, foram mapeadas cerca de 75 mil fazendas de onde saem os animais para o abate em 30 frigoríficos. Com o sistema de monitoramento por satélite foi criada uma base de dados que contempla áreas de desmatamento, terras indígenas e unidades de conservação. Para complementar a eficiência do monitoramento, também foram inseridos no sistema dados de listas públicas de áreas embargadas e de trabalho escravo.

Se riscos ambientais ou sociais são identificados na compra de carne de determinada fazenda, uma notificação automática é enviada automaticamente ao controle da operação. Para que aquele local possa voltar a vender animais para os frigoríficos que atendem o Walmart, é preciso que o proprietário comprove a correção dos problemas identificados. Há uma lista de recomendações predefinida para cada tipo de infração.

Luiz Herisson, diretor de Comunicação do Walmart Brasil, explica que a iniciativa promove uma cultura de cuidado com a origem em todos os elos da cadeia. O frigorífico que compra a carne se preocupa com as condições em que o animal foi criado e essa consciência também é transferida ao consumidor por meio do marketing nas lojas. “Nós queremos despertar a curiosidade de onde vem a carne que a família do consumidor compra. Essa mudança de hábito no fundo é aquilo que é o grande objetivo, uma mudança de comportamento, de tornar natural a ideia do ‘eu compro consciente’”, diz.

Implantação em outros estados

Para ampliar o sistema, a Rede Walmart promove reuniões em todo o país com os frigoríficos responsáveis pelo abate dos animais. As plantas frigoríficas são um elo fundamental para o sucesso da proposta. São elas que precisam ter cadastradas informações e depende dessas empresas o controle de dados da origem. Apesar de haver o monitoramento por satélite e cruzamento de informações sobre desmatamento, dados sobre licenças, autorizações e outros procedimentos são de responsabilidade dos frigoríficos repassarem aos supermercados.

 

 

Number of views (286)/Comments (0)

Tags:

Please login or register to post comments.

Suínos

Bovínos

Frango/Ovo

Leite e Derivados

Carne e Derivados

Madeira Cavaco

Mercado Financeiro

Cotação (máx)
R$ 129,00
Cuiaba/MT *
R$ 132,00
TresLagoas/MS *
R$ 132,50
CampoGran/MS *
R$ 133,00
Dourados/MS *
R$ 133,00
Goiania/GO *
R$ 135,00
Maraba/PA *
R$ 138,50
BeloHoriz/MG *
R$ 138,50
Triangulo/MG *
R$ 62,50
Soja/PR
R$ 64,00
Soja/SC
R$ 27,33
Milho/PR
R$ 30,38
Milho/SC
R$ 1.400,19
Bezerro/MT *
R$ 3,26
Dólar



Powered by BlueServer
O Boi Pesado é um veículo de propriedade do Grupo Agro.

Endereço: Bairro Santa Maria, Rua Curitiba, 727d. CEP 89812150. Chapecó - SC.

Telefone: (49) 3304 - 9240.